Voltar

Notícias

Rede BIOMAR promove ciclo gratuito sobre turismo sustentável

6 de maio de 2015

Será realizado nos dias 25 e 26 de maio, das 14h às 20h, o ciclo de palestras gratuitas “Diálogos com a Sociedade: Turismo Sustentável”, no Senac Porto Seguro, no Sul da Bahia. Trata-se de uma iniciativa da Rede BIOMAR – composta pelos projetos de biodiversidade marinha Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Tamar, que são patrocinados pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. Os que comparecerem aos dois dias poderão receber certificado.

Centro de Visitantes do Tamar na Praia do Forte (BA)

Centro de Visitantes do Tamar na Praia do Forte (BA)

“Por meio de apresentações e conversas com a plateia, serão proporcionadas tanto reflexões quanto demonstrações de práticas ”, explica a coordenadora desse ciclo, Teresa Gouveia. Na pauta, economia criativa, políticas públicas, turismo de aventura, turismo de base comunitária, entre outras abordagens.

É voltado para empreendedores, profissionais do trade de turismo, educadores, estudantes, comunidades que vivem em áreas com potencial turístico, gestores públicos, ONGs, e demais interessados. Nos intervalos para convivência dos participantes, será oferecido lanche. Haverá vans disponíveis gratuitamente para levar o público ao local, entre 13h e 13h30, em três pontos: Santa Cruz Cabrália, em frente ao Colégio Estadual Professora Terezinha Scaramussa; Porto Seguro, em frente ao terminal da balsa na Praça dos Pataxós logo após o Portinha, e no Centro de Cultura de Porto Seguro. O Senac Porto Seguro fica na Avenida Village, 287, Taperapuan, Porto Seguro, Bahia.

O que é turismo sustentável?
“É aquele que busca minimizar os impactos ambientais e socioculturais, ao mesmo tempo que promove benefícios econômicos para as comunidades locais e destinos (regiões e países)”, segundo conceito do Acordo de Mohonk, assinado por representantes de vinte países, em 2000, nos Estados Unidos.

Confira a programação gratuita:

Após cada apresentação, ocorrerá debate com o público.

Primeiro dia – 25 de maio

14 h – Abertura.

15h – Situação Atual e Políticas Nacionais Relacionadas ao Turismo Sustentável, por Isabel Barnasque, coordenadora geral de Sustentabilidade no Ministério do Turismo.

15h45 – Economia Criativa e Oportunidades de Futuro para um Turismo Sustentável, por Lala Deheinzelin, especialista mundial em Economia Criativa e Desenvolvimento Sustentável.
O turismo sustentável é uma das principais estratégias de desenvolvimento para territórios se soubermos adotar as novas dinâmicasintegração de micro iniciativas. Lala nos aponta porque é necessário trabalhar com visão de futuros e quais as ferramentas necessárias para esta transição, combinando Economia Criativa, Economia Compartilhada, Economia Colaborativa e Economia Multimoedas.

17h50 – Turismo de Base Comunitária na Amazônia: A Experiência da Pousada Flutuante Uacari, por Fernanda Sá, coordenadora doMamirauá.
Além de informar o que é o Instituto Mamirauá e como atua esse programa, será apresentada a Central de Turismo Comunitário da Amazônia, histórico da Pousada Uacari, perfil do visitante, como é a participação de comunidade, resultados, desafios e perspectivas.

18h55 – Bonito (MS): Modelo de Gestão Turístico-Ambiental Descentralizada, por Juliane Salvadori.

Segundo dia – 26 de maio

14h – Centros de Visitantes do Projeto Tamar e Turismo Sustentável, por Guy Marcovaldi, fundador e coordenador nacional do Tamar.
Essa palestra vai descrever como começaram as ideias e as atividades dos diversos centros de visitantes do Tamar, com prioridade para a Praia do Forte (BA), que abriu para visitação em 1982 e até hoje não fechou um só dia. E o impacto que os centros de visitantes trouxeram para as vilas e a conservação das tartarugas marinhas no Brasil.

15h05 – Turismo de Base Comunitária com Peixes-Boi na APA Costa dos Corais, por Flávia Rego, da Associação Peixe-Boi.
Irá apresentar como foi possível o envolvimento da comunidade com o mamífero aquático mais ameaçado de extinção no Brasil sem causar impacto e gerando renda para comunidades de dois municípios através da conscientização. A APA Costa dos Corais fica entre Tamandaré (PE) e Maceió (AL).

16h10 – Iniciativas Privadas e Turismo Sustentável – O Caso da Pousada Lagoa de Cassange, por Benedito Amaral Aragão, da Pousada Cassange, que ganhou o Prêmio Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) na categoria Sociocultural.

17h35 – Turismo de Observação de Baleias: Benefícios para as Pessoas ou para as Baleias, por Thais Melo e Paula Leite da Cia. do Mar; com abertura de Sergio Cipolotti do Instituto Baleia Jubarte.
Serão abordados por Thais e Paula quais são os desafios do turismo sustentável, especificamente a observação de baleias. Cipolotti irá apresentar, entre outros pontos, os resultados de mais de 15 anos do monitoramento dessa atividade pelo Instituto Baleia Jubarte.

18h40 – Turismo de Aventura no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, por Fábio Negrão, Secretário de Meio Ambiente de Caravelas (BA).

Redação Projeto Coral Vivo.