Voltar

Notícias

Novo gênero de peixe é descoberto em Abrolhos

4 de maio de 2016

Durante estudo da biodiversidade de peixes dos recifes mesofóticos do banco dos Abrolhos, pesquisadores descobriram um novo gênero do peixe gobi. Ele vai ser nomeado como Thiony, em homenagem ao pesquisador que coordenou o trabalho e faleceu recentemente: Thiony Simon. O gênero novo está sendo descrito por Tornabene e colaboradores. A informação está em artigo que acaba de ser publicado no Journal of Fish Biology com o título em inglês: “Mesophotic fishes of the Abrolhos Shelf, the largest reef ecosystem in the South Atlantic”.

Novidade para a ciência: peixe gobi Thiony

Novidade para a ciência: peixe gobi Thiony

Nesse estudo foram reportadas 74 espécies: incluindo uma espécie nova e um novo registro para Abrolhos, que é a região mais rica em biodiversidade do Oceano Atlântico Sul. Trata-se de trabalho importante para o Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais), que tem dois articuladores de ações como coautores desse artigo: Ronaldo Francini-Filho (UFPB) e Eric Mazzei (Voz da Natureza). Por conta de pressões como mineração e pesca excessiva, por exemplo, esse ambiente frágil e importante está ameaçado.

“Tivemos a oportunidade de mergulhar em lugares maravilhosos, registrar novas ocorrências e, incrivelmente, encontrar novas espécies de peixes”, afirma Mazzei.

O PAN Corais é um documento de pactuação, que será executado até 2021, com a participação de diferentes atores institucionais. Para alcançar as dez metas acordadas estão sendo realizadas 146 ações, para a conservação de espécies marinhas e de áreas prioritárias desde o Maranhão até Santa Catarina. O Coral Vivo é o coordenador executivo desse Plano de Ação Nacional e o Cepsul/ICMBio é o coordenador geral.

Saiba mais na matéria: PAN Corais será executado até 2021 
Acesse aqui o artigo: Mesophotic fishes of the Abrolhos Shelf, the largest reef ecosystem in the South Atlantic
Por Redação Projeto Coral Vivo.